Custos e despesas: qual a diferença? Entenda e melhore o financeiro da sua empresa



Um passo muito importante para que um empreendedor possa economizar mais na sua empresa é entender a real diferença entre custos e despesas.


Apesar de semelhantes, muitas pessoas costumam confundir esses dois termos, principalmente quem está começando agora com o próprio negócio.


Mas não se preocupe, pois neste artigo você vai entender as diferenças entre custos e despesas e conferir exemplos dentro da sua realidade para que a sua dúvida seja esclarecida. 😉


Afinal, qual é a diferença entre custos e despesas? 🤔


👉 Os custos estão associados às atividades-fim de uma empresa, ou seja, são os gastos envolvidos na produção ou aquisição de um produto ou serviço.


Exemplos de custos: matéria prima, mão de obra, embalagens, manutenção de equipamentos e mais.


👉 Já as despesas são os gastos não relacionados ao produto final, mas que são necessários para manter o bom funcionamento da empresa.


Exemplos de despesas: aluguel do ambiente, produtos de limpeza, lanches para funcionários, contas de água e luz etc.


Se ainda estiver com dúvida se algo é custo ou despesa, a dica de ouro é: veja se o item é dispensável ou não para a produção do seu produto principal.


Se você conseguir produzir o seu produto principal sem determinado item, então ele é despesa. Já se você não conseguir, trata-se de um custo. 😃


Diferentes tipos de custos e despesas


Agora que você entendeu a real diferença entre custos e despesas, precisa conhecer os seus diferentes tipos, como fixos e variáveis. Veja:

Custos variáveis


São os custos que variam de acordo com o volume de produção e com a venda de produtos. Por exemplo, se você vende 2x mais em um mês do que no outro, você terá um custo variável duas vezes maior com matéria prima e com embalagens.

Custos fixos


Já os custos fixos são aqueles que se mantêm os mesmos, independente da empresa produzir mais ou vender mais. O salário dos funcionários (se eles forem essenciais para a produção) e o aluguel de máquinas são exemplos de custos fixos.

Despesas variáveis


As despesas variáveis são aquelas em que as vendas influenciam nos gastos, apesar de não estarem diretamente ligadas com a operação e a produção. Por exemplo, comissões por vendas e acidentes na produção.

Despesas fixas


Já as despesas fixas são aquelas definidas como previsíveis dentro do seu negócio, como impostos fixos, taxas bancárias, seguros, aluguel do espaço e mais.


Saiba como otimizar a gestão financeira da sua empresa 👇


Agora que você sabe tudo sobre custos e despesas, o próximo passo é categorizar tudo muito bem e organizar a sua gestão financeira.


Separar os gastos fixos e variáveis é muito importante para entender onde pode economizar e investir, otimizando o seu fluxo de caixa e a gestão como um todo. 🤝


Não é um trabalho tão simples, pois é preciso dedicar-se diariamente às demandas financeiras da sua empresa, além de organizá-las muito bem.


Para isso você pode contar com uma equipe de contabilidade que possua ferramentas inteligentes para gerenciar o seu negócio, como a Betel. 😃


Nós possuímos um sistema de gestão financeira para que você monitore as suas finanças, analise relatórios, gerencie indicadores financeiros e muito mais.


🚀 Clique aqui e facilite a sua gestão financeira com a Betel Contabilidade.


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo