Como precificar produto e serviço?


Como precificar produto e serviço? Essa é uma pergunta constante que recebo quase toda semana.


Vou começar falando sobre produto, porque é um pouco mais fácil.

Como se faz: calcula-se primeiro o custo de produção ou aquisição do produto que você irá vender. Depois calcula custos diretos e indiretos relacionados ao produto (taxas de entrega, mão de obra, processos, sistemas etc.) e rateia esse custo por unidade do produto.


Você chegará a um valor X.


A esse valor X aplica-se o que se chama de mark-up, ou seja, um fator de multiplicação em cima do custo final do produto. Geralmente usa-se o mark-up de 2; 2,5 ou 3X em cima do custo final do produto.

Esse será seu preçod e venda.


Por exemplo: para fazer uma pizza seu restaurante gasta 10 reais de insumos. Mas também tem o custo do pizzaiolo, da embalagem, do gás ou lenha do forno, da mensalidade do sistema que processa seus pedidos online, etc.


Digamos que você tenha uma capacidade de produzir e vender 1.000 pizzas por mês. Esses custos indiretos você divide por 1.000 e adiciona aos 10 reais iniciais dos insumos da pizza.


Se seu custo por pizza deu 15 reais, você aplica um mark-up de 3, ou seja, sua pizza você venderá por 3 x R$ 15,00 = R$ 45,00 reais.


Agora com serviço é um pouco mais complexo.


Como serviço não é algo tangível, você precisa calcular os custos diretos e indiretos para a prestação desse serviço (estrutura, sistemas, salários etc.), bem como calcular o tempo (horas de trabalho) gasto para você – ou seu colaborador - realizar aquele serviço.


Por exemplo: uma manutenção de computador na residência de um cliente tem o custo de deslocamento do técnico e o tempo que ele leva para fazer essa manutenção. Indiretamente existe o salário do técnico, custos de estrutura da empresa, custos de treinamento etc. Todos esses custos indiretos precisam ser rateados por serviço, e as horas gastas no atendimento precisa ser observada, pois a matéria prima do serviço é o tempo.


Quando você cobra X por um serviço e demora mais tempo que o normal, você acaba tendo uma rentabilidade menor. Eu explico: se num dia é possível atender 6 clientes, e pela demora você só consegue atender 5 clientes, siua capacidade de geração de receita diminui. Por isso é extremamente importante manter sempre no radar o tempo que leva para cada tipo de atendimento prestado, para otimizar o tempo, aumentando a rentabilidade.


Além disso, é importante você comparar também seu preço em relação ao mercado por dois motivos:


1) Seu serviço pode estar muito mais barato que o da concorrência que entrega a mesma qualidade, então você tem mais margem para explorar.


2) Seu serviço pode ter uma qualidade muito superior ao mercado, e você tem cobrado o mesmo preço. Quando isso acontece, você tem também margem, para elevar seu preço, porque a diferenciação no serviço te possibilita cobrar mais.


Seja produto, seja serviço, o importante para negócios bem sucedidos e estar constantemente controlando custos, e entregando qualidade.


Essa é a matemática que manterá seu negócio com muita saúde financeira.


Lucas Gurgel

CEO da Betel Contabilidade

0 visualização0 comentário