A importância de separar suas contas Pessoa Física da Pessoa Jurídica

Hoje vamos falar especialmente sobre importância de você separar os custos e receitas que acontecem entre sua Pessoa Física e sua Pessoa Jurídica.


Muitos gestores de empresas misturam as contas da empresa, com as contas pessoais, e isso é extremamente prejudicial para você.


De acordo com a contabilidade, existe um princípio contábil que diz que jamais se deva misturar o que é Físico do que é Jurídico. Vale a pena realmente você dividir o que é seu, do que é de sua empresa empresa, especialmente para você saber a verdadeira realidade e saúde de sua empresa.


Quando você sua empresa acaba pagando suas contas pessoais, os relatórios financeiros apontarão uma realidade que não é a da sua empresa, mas da mistura das duas contas.


A dica principal que te dou é: defina um pró-labore para você de acordo com o que o mercado paga na sua função, e faça todos os seus pagamentos pessoais a partir desse pró-labore.


Nunca mantenha seu dinheiro na conta da empresa. Separe as duas coisas. Quando o dinheiro está tudo numa mesma conta você acaba tendo a sensação de que aquele dinheiro é seu.


Mantenha contas separadas. Assim ao olhar cada conta você terá uma percepção real sobre a saúde financeira da sua empresa, e sua saúde financeira. Podendo controlar melhor e segurar mais os gastos, seja da empresa, seja pessoal.


Abaixo eu deixei um vídeo complementar sobre esse assunto.




Lucas Gurgel

CEO da Betel Contabilidade

0 visualização0 comentário